Cadastramento biométrico: quais cidades do Norte de SC precisam de revisão para 2020

Eleitores que não se cadastrarem podem ter título cancelado e ficar sem votar no próximo ano

Araquari é o único município do Norte e Planalto Norte de Santa Catarina em que os eleitores precisam fazer o cadastramento biométrico obrigatório até 6 de dezembro. Os eleitores de outras 14 cidades da região também podem realizar a revisão de forma não-obrigatória para agilizar o processo, que deve acontecer nos próximos anos.

Caso não compareçam para o cadastramento, os eleitores de Araquari correm o risco de ter o título cancelado e não poder votar nas eleições do próximo ano. O eleitor pode conferir a situação eleitoral no site do TSE, na aba serviços ao eleitor – situação eleitoral. O atendimento acontece na rodovia SC-301, nº 8.400, ao lado do Campo do Perna, no bairro Itinga.

Para fazer a coleta da biometria e atualizar os dados cadastrais, é necessário levar documento de identidade oficial com foto, comprovante de residência (emitido nos últimos 3 meses) e, caso possua, título de eleitor. Para o primeiro título, eleitores homens maiores de 18 anos devem apresentar também o comprovante de alistamento militar.

Para os eleitores de qualquer cidade do Estado que têm alguma pendência com a Justiça Eleitoral, o prazo de regularização é 6 de maio de 2020. No entanto, o TRE-SC orienta que eles procurem os cartórios o quanto antes para evitar filas.

Cadastramento não obrigatório em 14 cidades

Além de Araquari, outras cidades do Norte e Planalto Norte do Estado também podem fazer o cadastramento biométrico. É o caso de Bela Vista do Toldo, Campo Alegre, Canoinhas, Guaramirim, Irineópolis, Major Vieira, Massaranduba, Porto União, Rio Negrinho, Santa Terezinha, São Bento do Sul, São Francisco do Sul, Timbó Grande e Três Barras.

Segundo o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-SC), não é obrigatório o cadastramento biométrico nessas cidades, mas os eleitores já podem fazer para antecipar o procedimento, que deve ser realizado ao longo dos próximos anos.

Revisão concluída em 15 municípios da região

A biometria começou a ser implantada em Santa Catarina em 2008. A cidade de São João Batista foi uma das escolhidas para participar do projeto piloto no país. No entanto, o procedimento obrigatório começou apenas em 2015 em alguns municípios catarinense, entre eles, Joinville.

Desde então, 15 cidades do Norte e Planalto Norte já concluíram a revisão do eleitorado e o cadastramento biométrico. São elas: Balneário Barra do Sul, Balneário Piçarras, Barra Velha, Calmon, Corupá, Garuva, Itaiópolis, Itapoá, Jaraguá do Sul, Joinville, Mafra, Matos Costa, Monte Castelo, Papanduva e Schroeder.

Hassan



Por Hassan Fariashassan.souza@somosnsc.com.br

do nsctotal.com.br



As opiniões expressas pelos autores pertencem a elas e não refletem necessariamente a opinião da Gazeta de Itapoá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *